Postagem em destaque

Jovem mata namorada a pedrada em Lagoa da Prata

Ele era namorado da vítima que foi morta a pedrada na madrugada desta quarta-feira (18). Veja o vídeo acima. Um jovem de 27 anos foi pres...

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Prefeito de Bom Despacho quer criar cotas para negros no serviço público


Proposta enviada à Câmara pela 2ª vez ainda não tem data para votação.
Segundo o Executivo, ideia é promover a valorização.

Anna Lúcia Silva e Ricardo WelbertDo G1 Centro-Oeste de Minas
Bom Despacho  (Foto: Prefeitura/ Divulgação)Prefeitura de Bom Despacho quer criar cotas
para negros (Foto: Prefeitura/ Divulgação)
O Prefeito de Bom Despacho, Fernando Cabral, enviou na última semana uma proposta à Câmara para criação de cotas para negros no serviço público municipal. A ideia é promover a valorização e minimizar os efeitos discriminatórios. De acordo com o projeto, 10% das vagas seriam destinadas para afrodescendentes. Essa é a segunda vez que a proposta é encaminhada para votação, que ainda não tem data prevista.
Segundo informações da assessoria, no ano passado a proposta foi rejeitada pelo Legislativo. "Se a Câmara tivesse aprovado o projeto ano passado, quando enviamos pela primeira vez, Bom Despacho teria saído na frente do governo federal. Mas ainda está em tempo de corrigirmos este erro e valorizarmos os moradores negros", destacou o prefeito.

Para os representantes da Comunidade Quilombola Carrapatos da Tabatinga, a criação desta lei é o primeiro passo para uma nova sociedade local. “Estamos aqui esperando uma transformação na cidade, lutando por nossos direitos e dignidade”, ressaltou Maria das Graças Epifânio.

A socióloga Adriana Eva avaliou a medida como positiva, no sentido de o Município buscar promover a inclusão. "Essa questão de cotas, eu penso que é uma tentativa de resolver uma dívida social no Brasil em relação à etnia negra. É interessante, pois  percebemos que mesmo após a abolição e tantos avanços, os negros ainda sofrem com as diferenças e ainda encontram dificuldades quanto ao ingresso no mercado de trabalho e instituições de ensino. Eu acho de fato, importante, porque é uma forma de trabalhar a diversidade e inclusão. Que essa situação sirva de exemplo a outros municípios", avaliou a socióloga.
A Prefeitura enviou à Câmara a primeira proposta para criação das cotas para negros no início de 2014. Apenas três vereadores votaram a favor. Segundo o diretor geral da Câmara, Bruno Santos, ainda não há previsão de quando o projeto entrará em pauta para votação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.