Postagem em destaque

Estudante invade escola mata dois colegas e fere outros cinco.

Dois adolescentes de 12 e 13 anos morreram e outras cinco pessoas ficaram feridas, no início da tarde desta sexta-feira (20), em um ataque ...

sábado, 31 de dezembro de 2016

Ladrões invadem fazenda e matam Fazendeiro em Pompéu.


Na fazenda boa passagem, de propriedade de Luiz Valadares Machado, que e genitor da vitima Jose de Campos, que dado momento dois indivíduos estando em uma motocicleta Honda 125, de cor azul, estando a placa coberta com uma saquinho plástico, chegaram na fazenda onde direcionaram ate as mesmas, que após simularem pedir uma informação, o indivíduo da garupa, tão logo foi descendo da motocicleta já com uma arma de fogo em punho apontando-a para as vitimas.


Não sabendo as vitimas precisarem o tipo da arma e calibre. que sob ameaças de morte, os indivíduos ordenaram que todas vitimas deitassem no chão e que não olhassem para eles, que as vitimas temendo sofrer quaisquer tipo de agressão, acataram as ordens, onde foram revistadas pelos os indivíduos sendo posteriormente obrigadas a ir para o banheiro, onde foram trancadas no mesmo, ficando somente a vitima Jose de Campos em companhia dos mesmos, onde passaram a revirarem todos os moveis da casa. 


Segundo a outra vitima, de dentro do banheiro ela e as outras vitimas, ouviram disparos de arma de fogo no interior da casa, que dado momento ao notarem que os indivíduos teriam efetuado os disparos e em seguida terem evadidos do local , elas arrombaram a porta do banheiro, que ao saírem a procura de Jose de Campos, deparou com ele caído no quarto de seu genitor, agonizando e apresentando sangramento pelo o corpo, que elas deparando com a situação de imediato, colocaram a vitima em um veiculo  e encaminharam ela ate o pronto atendimento medico.

A vitima Jose de Campos ao ser examinada pela medica plantonista doutora Cristiane, a mesma veio a constatar que já sem sinais vitais, As vítimas reportaram que após todo o fato ocorrido, os indivíduos evadiram tomando sentido a uma estrada vicinal que interliga a fazenda a cidade de papagaios.

As vitimas disseram a policia que os indivíduos trajavam roupas compridas, de cores não precisas e usavam capacetes de cor escura e por baixo dos capacetes estavam com toucas ninjas, que devida a ação rápida deles e de terem mandado elas abaixarem suas cabeças, prejudicou então delas precisarem de demais características dos mesmos. 

Pedimos ajuda a comunidade de Pompéu e Papagaios qualquer informação pode ser repassada para o numero 35231205, 190, 181.

Ajude, amanhã pode ser você ou um familiar seu a vítima.

Corpo é encontrado com mãos e pés amarrados em canavial de Pompéu


O corpo de um homem de 33 anos foi encontrado próximo a um canavial na zona rural de Pompéu  ,nesta sexta-feira (30). De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima estava com as mãos e pés amarrados e com uma sacola na cabeça. 


A perícia técnicada Polícia Civil constatou que ele foi morto com seis tiros.


Os militares contaram que localizaram o corpo após denúncias anônimas. 
Vizinhos do canavial ouviram disparos de arma de fogo na madrugada desta sexta e acionaram os policiais. A vítima tem passagens por furtos, roubo, receptação e tentativa de homicídio.
Ainda de acordo com a PM, não há suspeitos do crime e ninguém foi preso. O corpo foi levado para a funerária de plantão.

Colete salva a vida de PM em Lagoa da Prata.


Após uma denumcia de que uma mulher estava transitando em Lagoa da Prata na garupa de uma motocicleta com uma arma de fogo na mão, a Polícia se deparou com a motocicleta HONDA
CG 125 FAN de cor azul, conduzida por LUIZ CARLOS , 23 anos, e MIRELLE , 19 anos, os quais ao perceber a aproximação da policia tentaram fugir sendo acompanhados pelas motos da PM quando, segundo a Polícia a garupeira atuirou contra os policiais que revidaram. Um dos disparos
e atingiu o policial na altura do tórax, por sorte o colete  a prova de balas impediu a penetração do projetil e causou somente um um hematoma. O policial foi socorrido ao PS onde foi
medicado e liberado. 


Os autores foram tambem atingidos e encaminhados a UPA onde estão internados. O perito Experidião Porto, compareceu ao local e recolheu uma capsula de munição .40 deflagrada, uma capsula de munição 9mm deflagrada. Ao consultar a motocicleta foi constatada que a mesma era produto de roubo na cidade de PARA DE MINAS no dia 28/12/2016.


 Os autores foram presos, permaneceram no hospital SÃO CARLOS, e aguardam
transferência para o Hospital JOÃO XXIII. Ambos possuem várias passagens pela polícia, são considerados de alta periculosidade.

Como ocorre no Brasil. os militares receberam voz de prisão e foram apresentados a autoridade Policial Militar para o devido APF sendo que suas armas da carga da PMMG recolhidas

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Jovem leva tiro na cabeça em assalto em Martinho Campos.





Veja o vídeo acima.

O jovem Rafael Jean de 24 anos e recém formado em Historia foi vitima de um assalto na noiter desta quinta feira (29) na cidade de Martinho Campos.
Segundo a Polícia o jovel que é de contagem mas que tem parentes em Martinho Campos, estava acompanhado de trtês garotas e quando parou na porta da casa delas foi abordado por dois assaltantes, assustado Rafael teria deixado o carro prosseguir , neste momento os assaltantres efetuaram disparos sendo que um deles acertou a cabeça do jovem que seguiu com seu veiculo peerdfeu o controle arrebentou uma cerca e penetrou com seu carro em um lote.

Ele foi resgatado por amigos e está em observação.



A violência tomou conta do interior de Minas, quadrilhas do Novo Cangaço ocupam cidades inteiras e invadem quarteis e delegacias.

Enquanto isso o legisladores deixam as forças policiais de pés e mãos atadas e estudam obrigar o políciai a trabalhar até os 65 anos de idade.


Poucos sobreviverão.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Polícia Civil prende Policiais Federais suspeitos de atentado.

Polícia Civil diz que os dois agentes, que estão aposentados, foram presos. Vítima perdeu três dedos por conta de explosivos, em julho deste ano.

27/12/2016 10h14 - Atualizado em 27/12/2016 12h06

Por Fernanda Borges e Murillo Velasco

Do G1 GO

Dois policiais federais foram presos suspeitos de mandar bomba para advogado (Foto: Murillo Velasco/G1)

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (27), os dois policiais federais aposentados Ovídio e Valdinho Rodrigues Chaveiro, que são irmãos, suspeitos de enviar um pacote com uma bomba para o advogado Walmir Oliveira da Cunha, de 37 anos, em Goiânia, em julho deste ano. Segundo a Polícia Civil, além dos dois mandados de prisão temporária contra eles, também foram cumpridos sete de busca e apreensão e três de condução coercitiva.

De acordo com o delegado Valdemir Pereira da Silva, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), a suspeita é que o crime tenha sido motivado por uma ação familiar ganha pelo advogado.  "Neste momento a polícia está analisando todos os objetos apreendidos e posteriormente falará mais sobre os fatos. Queremos deixar claro que recebemos o apoio da Polícia Federal nesta ação e do Instituto de Criminalística", disse o delegado.

Além dos policiais detidos, um terceiro irmão deles também foi levado para a Deic por portar uma arma de fogo.

As defesas dos suspeitos detidos ainda não foram localizadas para comentar o caso. O G1 também tenta contato com a assessoria de imprensa da Polícia Federal em Goiás, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

O atentado aconteceu no último dia 15 de julho, quando o Walmir recebeu um pacote de uma bebida em seu escritório, mas o conteúdo explodiu assim que foi aberto. Um segurança que trabalhava em um estabelecimento próximo ao local socorreu o advogado. A vítima perdeu três dedos e quebrou o pé por causa da explosão.

De acordo com o presidente da Comissão de Direitos Prerrogativos da OAB-GO, Erlon Fernandes Cândido de Oliveira, a instituição ainda não tem conhecimento sobre o teor da ação judicial que teria motivado o atentado.

“O objeto desta ação judicial nós não sabemos informar qual foi. O papel da Ordem é acompanhar para que o crime não fique sem resolução, a partir do momento em que for definida a autoria, a Ordem continuará atuando na acusação. A partir do momento em que um advogado é violentado no exercício profissional, a administração da Justiça é ameaçada”, disse.

Câmeras de segurança flagraram a movimentação de um homem que entregou o pacote para um motoboy, que o levou até o advogado. Segundo o delegado, o motoboy não tinha consciência do atentado e foi por meio do depoimento dele que a corporação chegou até o local e às imagens.

“O motoboy é inocente. Cabe dizer que a pessoa que entregou esta bomba ao motociclista usou de vários disfarces, colocou propositadamente uma tala no braço direito. Tudo indica que ele colocou isso para disfarce. Em outros momentos, quando ele percebia a câmera de vigilância ele abaixava a cabeça”, disse.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

85 Anos do 7º BPM de Bom Despacho, os parabens do blog.


SOLDADO DA PM É EXECUTADA POR BANDIDOS A SANGUE FRIO


Por Lucas Sarzi25/12/201608:33

A+A-

Bárbara Aline Gonçalves da Rocha tinha 24 anos e muitos sonhos, entre eles o de seguir carreira como policial militar. Na tarde deste sábado (24), bandidos armados tiraram dela todos os sonhos e levaram junto com eles o que de mais precioso a soldado Bárbara tinha: a vida. O crime aconteceu em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Foto: Colaboração/Portal Na Tela do 190.

O assassinato foi por volta das 17h30, em uma loja na Rodovia João Leopoldo Jacomel, no bairro Maria Antonieta. Bárbara estava na loja, que era do irmão dela, quando bandidos armados estacionaram um Fiat Uno do lado de fora e, um deles armado, foi ao local.

O rapaz a rendeu e mais uma mulher, que estavam sentadas na entrada do estabelecimento, e pediu a arma da soldado. A moça sequer esboçou reação, entregando-lhe a arma, mas em seguida o bandido atirou contra a cabeça da policial, que morreu na hora.

PUBLICIDADE

Os dois bandidos fugiram e agora as forças policiais, tanto a Polícia Civil como também a Polícia Militar e a Guarda Municipal, trabalham para encontrá-los. Um dos autores do crime teria se entregado, na madrugada deste domingo (25), à Polícia Civil, mas a informação não foi confirmada pela polícia, que negou que algum suspeito tenha sido preso. A Polícia Civil também alertou que fotos dos suspeitos, que estão sendo propagadas nas redes sociais, não foram divulgadas pela instituição.

A policial estava de folga. Conforme apurou a Tribuna do Paraná, ela aproveitava o dia para organizar como seria a celebração do Natal. A soldado Bárbara estava há três anos na corporação e atuava no Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), em Piraquara. Há cerca de uma semana, ao reagir a um assalto, a moça teria trocado tiros com os bandidos, na cidade onde trabalha.

No dia da reação, os bandidos abordaram a jovem para tentar roubar dela o carro, mas não sabiam que ela era uma policial e, por isso, houve o confronto. Em entrevista ao Programa 190, da Rede CNT, uma testemunha teria dito à reportagem que o rapaz que dirigia o veículo usado para assassinar Bárbara era um dos bandidos que participou do assalto frustrado.

A polícia não divulgou nenhuma informação, até o momento, sobre os suspeitos. Apesar disso, imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que o bandido chega à loja. Outra câmera registrou tudo o que aconteceu lá dentro, gravando até mesmo o momento do disparo contra a policial.

PUBLICIDADE

Veja o momento do crime. Atenção, as imagens são fortes:

Nas redes sociais, muitas pessoas se revoltaram com o que aconteceu e publicaram homenagens à soldado, que era filha de um guarda municipal de Curitiba. “Hoje a família da soldado Bárbara não estará na mesa reunida comemorando o natal. Hoje não haverá alegria alguma nesta noite, porque um monstro, lixo, escória da sociedade, tirou a vida dela cruelmente”, disse um colega de farda da policial.

O velório de Bárbara acontece na Capela Bom Pastor, na Rua Guilherme Weiss, em frente à Secretaria da Saúde de Pinhais. A policial deve ser enterrada no Cemitério Parque Graciosa, em Quatro Barras, ainda neste domingo de Natal.

domingo, 25 de dezembro de 2016

Perito e deputado mineiro Ademir Camilo recebeu a garantia de que Policiais ficarão foram da reforma da Previdência.

POSTED ON 23/12/2016 BY MARCO AURÉLIO D'EÇA

608

O ministro Alexandre de Moraes recebeu os deputados Aluisio Mendes e Ademir Camilo esta semana

As carreiras policiais serão excluídas da chamada PEC da Previdência, encaminhada pelo governo federal para o Congresso Nacional, e terão seus regimes previdenciários definidos em projeto específico. A informação foi dada pelo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, na terceira audiência solicitada pelo deputado Aluisio Mendes para tratar do assunto.

“O ministro acatou nossos argumentos de que os policiais precisam ter um sistema previdenciário diferenciado, pelas atividades de alto risco que exercem, e cumpriu o compromisso de convencer o governo Temer a rever a inclusão desses profissionais na PEC da Previdência”, comemorou Aluisio Mendes.

Também por solicitação do parlamentar maranhense, os membros das guardas municipais também serão incluídos nessa proposta de regime previdenciário que será proposto para as carreiras policiais.

“Essas corporações estão assumindo papel mais efetivo no sistema de segurança pública em todo o Brasil, então nada mais justo que terem um olhar diferenciado”, ressaltou Mendes.

Ele informou que essas alterações na reforma da Previdência serão encaminhadas em breve ao Congresso Nacional pelo governo federal, antes de a matéria começar a ser analisada pelos parlamentares.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Brasil precisa de mais armas e menos palpiteiros, diz ministro.

Alexandre de Moraes criticou investimentos em estudos feitos pelo governo nos últimos anos

PUBLICADO EM 17/08/16 - 03h00

Rio de Janeiro. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, afirmou que o Brasil precisa de menos pesquisa em segurança e mais armamento. Em entrevista concedida na Cidade da Polícia, zona Norte do Rio, o ministro afirmou que a prioridade do Ministério da Justiça, nesse momento, é investir em “equipamentos para inteligência e equipamentos bélicos”.

Moraes criticou os investimentos do governo federal nos últimos anos em diagnósticos de segurança pública. “Tem especialista que nunca trabalhou em segurança pública, mas, de alguma forma, vira especialista, que cobra viagens internacionais para aprender não sei o quê”, disse o ministro.

Segundo Moraes, o Ministério da Justiça vai priorizar a aquisição de equipamentos para as polícias durante a sua gestão, que começou em 12 de maio, quando tomou posse no governo do presidente em exercício, Michel Temer, empossado após o afastamento de Dilma Rousseff do cargo.

Ele dissse que já pediu à comissão orçamentária da pasta para “alterar várias rubricas”, para poder concentrar ações no que chamou de fortalecimento da polícia.

Disse também já haver redigido um decreto que deve ser publicado até o fim do mês para permitir que policiais utilizem armamento apreendido com criminosos, após um processo de legalização. O decreto também diminuirá o tempo de espera para a compra de armas oficiais.

Moraes lamentou a “burocracia” que envolve esse processo. “Não é possível que se aguarde nove meses para comprar fuzis”, disse Moraes, lembrando que hoje as armas apreendidas têm de ser destruídas pelo Exército. O ministro também falou da necessidade de convênios entre a Força Nacional de Segurança, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Federal e as Polícias Civis dos Estados para o fortalecimento das instituições.

O ministro anunciou a criação de cinco núcleos permanentes de inteligência e operação com foco especialmente no combate ao narcotráfico. Os núcleos estarão nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, os maiores consumidores de drogas do país, e também no Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul – esses são as portas para entrada de drogas no país.

“Segurança pública não é só uma questão de polícia, é um erro culpar a polícia pelas questões de criminalidade”, afirmou o ministro, ressaltando a importância de agir com rapidez e inteligência.

O ministro citou como exemplo de eficiência a investigação da morte do soldado da Força Nacional de Segurança Hélio Andrade, morto semana passada ao entrar por engano na Vila do João, favela da zona Norte. Andrade estava no Rio para reforçar o esquema de segurança da Olimpíada. Os criminosos, no entanto, ainda estão soltos.


Governo promete metade do 13º salário dos servidores até as 23h59

Até o final desta quinta (22), todo o funcionalismo que recebe pelo Banco do Brasil, independentemente do salário, terá o valor creditado; clientes de outros bancos recebem nesta sexta (23)

PUBLICADO EM 22/12/16 - 21h01

Gustavo Lameira

O governo do Estado de Minas Gerais informou que metade do 13º salário dos servidores será depositado até as 23h59 desta quinta-feira (22). Durante o dia, nas redes sociais, corriam boatos de que o pagamento não seria realizado.

Conforme a assessoria, um problema técnico com o Banco do Brasil impossibilitou o pagamento prometido anteriormente para até o fim da tarde.

Independentemente do salário, todos receberão 50% até o final desta sexta. Já os servidores que dependem da portabilidade, que é a transferência do Banco do Brasil para o banco escolhido, terão o dinheiro em conta somente nesta sexta-feira (23).

A outra metade do 13º salário será depositada em 24 de janeiro e 24 de fevereiro. Até janeiro, porém, 95% dos servidores já terão recebido o benefício.

A assessoria do Governo de Minas informou ainda que encaminhará para a Delegacia de Crimes Cibernéticos, para investigação, todas as mensagens falsas, atribuídas ao governador e ao governo, que circularam pelas redes sociais, nesta quinta (22), informando sobre o não pagamento do 13º salário aos servidores. 

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Prefeitura de Bom Despacho - MG anuncia reabertura de Concurso Público

Além da troca da banca organizadora houve alterações no cronograma.

Concursos › Notícias › Sudeste

Segunda-feira, 19 de dezembro de 2016 às 17h33

A Prefeitura de Bom Despacho, Minas Gerais, anunciou recentemente que o Concurso Público que objetiva a contratação de novos profissionais, será reaberto.

Foi divulgado também o novo cronograma do previsto do Concurso para Provas Objetivas, Discursivas, Títulos, Curso de Formação, Exames Médicos e Apresentação de Documentos para todos os cargos, além de Aptidão Física para os cargos de Fiscal Municipal, além da mudança de organizadora do certame, sendo que a responsável pela continuidade do Concurso será a Reis & Reis Auditores Associados.

As oportunidades são para os cargos de Técnicos em Gestão Pública Municipal nas áreas de Técnico em Agropecuária, Segurança do Trabalho, Secretariado Escolar, Enfermagem, Laboratório de Análises Clínicas, Informática (17 vagas), Fiscal Municipal nas funções de Trânsito, Ambiental e Obras (7 vagas) e Gestor Público Municipal em Administração, Arquitetura e Urbanismo, Biblioteconomia, Contabilidade, Ciências da Computação, Direito, Educação Física, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura, Agronômica, Matemática ou Estatística, Medicina Veterinária, Pedagogia, Psicologia e Curso Superior (15 vagas).

Os salários variam entre R$ 1.009,19 a R$ 1.221,65, mais benefícios, para atuar em jornadas semanais de 40 horas.

Em nosso site você confere todos os detalhes sobre o andamento deste Concurso acessando os documentos disponíveis.

Jornalista: André Fortunato

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Cidadão se cuide, PM decide cruzar os braços em Minas.





Policiais e bombeiros militares de Minas Gerais se reuniram na manhã desta segunda-feira, no Clube dos Oficiais, no Bairro Prado, na Região Oeste de Belo Horizonte, para protestar contra o projeto de lei que prevê regras para a renegociação da dívida dos estados com a União. As duas corporações protestam contra os congelamentos de salários, promoções e recrutamentos de policiais, caso o projeto de lei seja aprovado - o texto está na pauta para votação hoje na Câmara dos Deputados.


De acordo com o chefe da Sala de Imprensa da Polícia Militar, capitão Flávio Santiago, que conversou com a reportagem do
 em.com.br por telefone, direto do Clube dos Oficiais, cerca de mil manifestantes estão no local para protestar contra o que consideram "o engessamento da profissão pelos próximos anos".

Publicidade
Segundo Santiago, deputados e senadores deveriam levar em conta "a manutenção mínima do que já existe" hoje para o funcionamento da polícia e dos bombeiros militares. "Nós já não temos adicional de periculosidade, nem FGTS e estamos sempre excedendo a carga horária prevista na CLT. Imagina o que seria para nós congelar salários, promoções e recrutamento", alertou Santiago.

Segundo ele, a manifestação conta com o apoio não só das entidades que representam os policiais e bombeiros de Minas mas também do alto comando no estado, que estiveram reunidos nesse domingo (18) com o governador Fernando Pimentel. Ele  teria garantido estar atento às mudanças sugeridas pelo projeto e perdiu para que a tropa fosse tranqulizada. 

Dívida


Aprovado pelo Senado na semana passada, o projeto para renegociação das dívidas do estados está em pauta nesta segunda-feira para votação em plenário da Câmara dos deputados. Alterado e cheio de emendas dos senadores, o texto já foi criticado pela bancada de oposição ao governo federal, e tachado de “pacote de maldades”.

Se aprovado também pelos deputados, os estados ficam limitados a gastarem apenas o teto do índice inflacionário nos próximos dois anos. A assinatura da renegociação também adiciona penas aos chefes do executivo caso descumpram com o que assinaram no que se refere aos gastos, com novas adições à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Outra questão do projeto que deve tensionar as discussões é a contribuição previdenciária. Os estados, além de reduzir despesas com a folha de pagamento, terão que aumentar a contribuição previdenciária dos servidores ativos e inativos para até 14%.

domingo, 18 de dezembro de 2016

Perícia pode se separar da Polícia com aprovação de nova lei.

Pelo texto, função passaria a ser exercida em órgãos autônomos de segurança pública

 Baixar áudio

Aprovada na Comissão de Constituição e Justiça proposta de emenda à Constituição (PEC 117/2015) que desvincula a perícia criminal das estruturas das Polícias Federal e Civil. Pelo texto, ficam instituídas a perícia criminal federal e as perícias criminais dos estados e do Distrito Federal como órgãos de segurança pública. Hoje a Constituição prevê apenas como órgãos de segurança pública: as Polícias Federal; Rodoviária Federal; Ferroviária Federal; Polícia Civil; Polícia Militar e Corpos de Bombeiros Militar.

Durante as discussões na CCJ, o deputado Delegado Waldir (PR-GO) marcou posição contrária à proposta. Segundo ele, a PEC enfraquece as polícias e não ajuda em nada no combate à violência.

"Nós vivemos um grande momento de transição com a operação acolhida em Curitiba, da Lava Jato. Aí vem agora, neste momento, uma PEC para o enfraquecimento da polícia brasileira. A quem interessa aqui e por que interessa o enfraquecimento das polícias estaduais e da PF? Desvincular, esfacelar a polícia brasileira afastando a perícia, que tem autonomia, independência, eu acho que é um tapa na justiça e na democracia e nas questões de justiça do país."

A PEC foi uma sugestão da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou as causas da violência, morte e desaparecimento de jovens negros e pobres no Brasil e foi assinada pelo então presidente, deputado Reginaldo Lopes (PT-MG). Ele reconheceu que a defesa da classe dos peritos é legítima, mas destacou que a perícia ligada às polícias faz com que os profissionais não possam ser isentos, principalmente quando o caso envolve apuração de erros policiais.

"No final da CPI, nós concluímos que há um extermínio de jovens negros e pobres no país. É um genocídio porque é um país que mata 60 mil pessoas por ano e a maioria é de jovens. Dos jovens que são assassinados, 93% dão homens, 80% são negros. Então, concluímos que a base desse genocídio é o racismo institucional."

Hoje, em 18 estados brasileiros a perícia criminal já está estruturada de modo independente, fruto de iniciativas dos governos locais ou das assembleias legislativas. A deputada Janete Capiberibe (PSB-AP) relatou que, no estado, há 22 anos, a perícia é independente da polícia e a relação tem sido boa.

A PEC que desvincula a perícia criminal das polícias será examinada agora por uma comissão especial. Só depois segue para apreciação em Plenário.

Reportagem - Idhelene Macedo

Polícia Civil descobre tráfico de drogas que iria ser realizado dentro do fórum de Divinópolis

Postado em 17/12/2016 9:39

A Polícia Civil de Divinópolis conseguiu prender e desmantelar uma ação de tráfico de drogas que seria realizada dentro do Fórum de Justiça da cidade de Divinópolis, apurou-se que presos, em audiência receberiam celulares e drogas para levarem para o Presídio Floramar.

A ação audaciosa constituía-se da seguinte forma. Quando os detentos estavam no local de espera, comumente chamada de “celinha”, tiravam as roupas, a cueca inclusive e baixavam uma cordinha pela janela e do lado de fora indivíduos costuraram celulares e drogas nas cuecas, com as quais os presos entrariam no Presídio.

A Polícia Civil prendeu um casal sendo ela menor de idade e tinha com eles cuecas e produtos ilícitos. Após diligências na casa dos suspeitos foram apreendidos: onze celulares com carregadores, uma porção de maconha, uma pedra de crack, uma munição calibre 45, doze munições calibres 38 e 32, um veículo Fiat Palio.

O trabalho comandado pelo delegado de polícia Dr Vivaldi. Preso o maior e apreendida a menor, ambos conduzidos ao plantão para autuação.

Compartilhe isso:

Valentão da uma surra na delegada de proteção à mulher que é sua esposa e espanca guarda feminina que meteu a colher.

Homem identificado como Felipe Neder aparece espancado guarda. Saiba mais.

Você é um influenciador digital?
Compartilhe essa notícia e ganhe dinheiro.

Homem agrede policial na rua - Google

Um homem, identificado como Felipe Neder, é protagonista de um vídeo viral publicado neste sábado, 17, no Facebook. As imagens já tem mais de dois milhões de exibições na rede social. No vídeo, ele aparece espancando uma guarda feminina, de nome Edvânia Mayara. A moça tem apenas 23 anos. Ela teria visto Felipe discutindo com sua esposa, uma delegada (Ana Paula), em um veículo na cidade de Três Corações, no interior de Minas Gerais. Segundo populares que estavam no local, a guarda viu a mulher apanhando e mandou que o carro ficasse parado. A delegada teria jogado a chave do veículo para ela.

Irritado, Felipe deixou o veículo e começou a discutir com a guarda civil feminina. Populares filmavam tudo, quando ele deu um soco no rosto de Edvânia, pegou a guarda pelos cabelos e, em seguida, deu um chute no rosto dela. O vídeo que mostra a ação chegou em poucas horas a mais de dois milhões de exibições. Mesmo agredindo fortemente uma mulher, populares em nenhum momento tentaram conter o homem. Após ser agredida barbaramente, Edvânia ficou muito irritada. Os populares apenas agarraram ela, impedindo que ela pudesse entrar em uma luta corporal com o homem.

O colega de serviço de Edvânia evita fazer qualquer coisa. Ele diz apenas para que o homem não encoste nele e que a polícia militar já foi chamada. A guarda feminina usou uma rede social para criticar o homem. Ela disse que fez o que achou certo e que aquele homem, a quem chamou de "vagabundo", a agrediu barbaramente. Ela ainda agradece o carinho das pessoas com ela e pede que as imagens da ação criminosa sejam divulgadas.

As primeiras informações são de que um registro de ocorrência foi feito na delegacia da cidade e Felipe liberado em seguida.

Veja abaixo o vídeo que mostra o momento que o homem agride a guarda feminina. Chama a atenção o fato de ninguém tentar imobilizar o homem. Na sua opinião, as pessoas foram covardes ao não defenderem a guarda feminina? Não esqueça de deixar seu comentário. Ele é sempre importante para todos nós.

sábado, 17 de dezembro de 2016

Tribo vai até os deputados para tornar Pompeu e Martinho Campos terra de Indio.


Processo foi suspenso, o que afetou solução para crise hídrica, diz ALMG.
Povo Kaxixó vive no município de Martinho Campos.

Do G1 Centro-Oeste de Minas Gerais
Audiência ocorreu nesta quinta-feira (15). (Foto: Pollyanna Maliniak/Divulgação)Audiência debateu plano para demarcar território
indígena (Foto: Pollyanna Maliniak/Divulgação)
Uma audiência na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) discutiu, nesta quinta-feira (15), o plano que visa a demarcação do território indígena da tribo Kaxixó, cuja aldeia fica em Martinho Campos. O projeto foi suspenso pela Justiça após uma ação movida pelo Estado e pelo Município.
De acordo com a coordenadora do Plano de Gestão Territorial e Ambiental (PGTA) do povo Kaxixó, Vanessa Caldeira, a suspensão prejudica a solução para a crise hídrica. "Com a judicialização da questão, o processo foi suspenso e os índios vivem hoje em confinamento, ocupando somente 0,3% da área identificada para a demarcação", disse.
Caldeira explicou que o PGTA é fruto da política nacional para os povos indígenas. O plano para os kaxixós, ressaltou ela, é um dos primeiros gerados no País fora da região Amazônica e voltados para os biomas da caatinga e do cerrado. Foi aprovado recentemente no Ministério do Meio Ambiente e na Fundação Nacional do Índio (Funai).
A coordenadora do plano cogitou que a posição contrária do Estado junto à Justiça Federal, supendendo o processo relativo aos kaxixós, estaria apoiada no fato de que, uma vez demarcado o território indígena, sua gestão passaria para a esfera da União. Ela ainda lembrou que a área já esteve no centro de um projeto, hoje suspenso, da instalação de uma hidréletrica que inundaria parte do território identificado para a demarcação.
Problemas hídricos
A coordenadora e os kaxixós presentes na audiência fundamentaram que o plano em é fundamental para conter graves danos ao meio ambiente e à qualidade de vida que já atingem o território indígena nas margens do Rio Pará.
Diagnósticos feitos durante o projeto para a formulação do plano mostraram que os índios não dispõem mais de água potável e dependem de caminhões-pipa para o abastecimento. Foi ainda constatado que a região sofre com a erosão de terras, com a sobrepesca e com a tendência à monocultura do eucalipto, que já ocuparia boa parte da área, além da existência de dois loteamentos irregulares que, segundo Vanessa, estão dentro do território indígena identificado para a demarcação e cuja área total é de 5.411 hectares.
"De que adianta dinheiro se não vai ter a água, o cerrado, o ar?", questionou o vice-cacique da comunidade Kaxixó, Altair Teodoro da Silva. "O PGTA é um plano rico para a nossa cultra e para preservar a natureza e o meio ambiente", acrescestou o cacique Nilvando de Oliveira. Segundo eles, 98 índios moram na aldeia, mas outros mais de 400 vivem no entorno ou na cidade.
A coordenadora técnica estadual da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), Márcia Zanetti, classificou como preocupante o fato e defendeu esforços urgentes dos vários órgãos envolvidos para buscar alternativas e projetos que venham reverter a situação.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Criminosos fazem reféns em assalto a sindicato de Nova Serrana; veja vídeo

Dupla armada invadiu estabelecimento durante dia de pagamento. Vítima teve arma apontada para a cabeça; PM procura por suspeitos.


16/12/2016 19h20 - Atualizado em 16/12/2016 19h28
Do G1 Centro-Oeste de Minas
O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Calçados em Nova Serranax (Sitricans) foi alvo de um assalto na tarde desta sexta-feira (16). De acordo com a Polícia Militar (PM), dois criminosos invadiram o local por volta das 12h30. O dia escolhido pelos assaltantes foi um dos que a entidade usa para pagar salários.
Imagens gravadas por câmeras de segurança do sindicato e cedidas ao G1 mostram algumas pessoas em frente à sede da entidade. Em determinado momento, dois homens chegam ao local em uma motocicleta. Um deles desce enquanto o outro estaciona. O primeiro faz uma pessoa refém.
Dentro do imóvel, começa uma correria. Em seguida, um dos assaltantes entra pegando objetos de valor que encontra pelo caminho e jogando esses pertences dentro de uma sacola.
O comparsa também entra, levando consigo o refém com a arma apontada para a cabeça. Antes de irem embora, um dos ladrões pega a carteira da vítima que havia sido agarrada.
Toda a ação durou cerca de um minuto. Os criminosos deixaram o local atirando para o alto. Ninguém se feriu. O valor roubado não foi informado. A PM iniciou buscas na região, mas ainda não deteve nenhum suspeito.
A presidência do Sitricans afirmou que pediu a presença policial nos dias de pagamento, mas não foi atendida. O G1 aguarda respostas da PM sobre essa alegação.
Veja o vídeo aqui

https://youtu.be/omWXj9nLpxU


Homem é preso em Bom Despacho suspeito de ter estuprado 10 crianças

Suspeito do crime de estupro vulnerável

Na manhã desta sexta-feira, 16 de dezembro, a Polícia Civil de Bom Despacho cumpriu o mandado de prisão de V.A.S, 46 anos, pela suspeita de molestar 10 crianças, todas meninas, com idades entre 06 a 14 anos. Ele está sendo investigado pelo crime de Estupro de Vulnerável. 

Segundo a Polícia Civil, a prisão do autor se deu através de um dos depoimentos de uma das vítimas. "Através  disso, outras atividades foram desenvolvidas para conseguirmos efetuar a prisão do suspeito ", explica Marcelo Costa, inspetor da unidade de Bom Despacho. 

Ainda conforme a PC, antes de ser preso o suspeito morou nos Bairros Realengo e São Vicente, e atualmente residia no Bairro Vila Gontijo em Bom Despacho. "Ele se fazia de bom moço e conquistava a confiança dos vizinhos, isso para que as crianças ficassem sob a sua companhia quando os pais delas saíam para trabalhar. Logo em seguida, ele fazia questão de ameaçar uma a uma", disse Marcelo. 

No momento, o suspeito está preso preventivamente em Bom Despacho. 

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Ministro acha injustiça Policia Civil e Federal ter tratamento diferente da PM em reforma previdenciaria

Ministro defende tratamento 

Resultado de imagem para alexandre de moraesEm reunião com dirigentes das categorias de policiais e representantes do Congresso Nacional, Moraes disse ser imprescindível uma reforma da Previdência e que todos devem dar a sua quota de sacrifício

Ministério da Justiça
Publicado por Ministério da Justiça
há 21 horas
5 visualizações
Brasília, 14/112/16 - O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, recebeu na tarde desta quarta-feira (14) dirigentes das polícias civis de 25 Estados, o diretor da Polícia Federal, Leandro Daiello: a diretora da Polícia Rodoviária Federal, Maria Alice Nascimento Souza, e representantes nacionais de todas as categorias policiais, acompanhados por parlamentares. Houve a solicitação para que as carreiras policiais recebam o mesmo e igualitário tratamento na reforma previdenciária que foi dado às Forças Armadas, à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros.
Resultado de imagem para pm e pc
O ministro defendeu a necessidade da reforma da Previdência e afirmou que "é óbvio que a reforma é imprescindível e que, nesse sentido, todos devem dar a sua quota de sacrifício, para recuperar a saúde financeira da Previdência e garantir os pagamentos futuros de aposentadorias e pensões".
Porém, concordou que as mesmas exigências, dedicação, condições e riscos das Forças Armadas, Polícia Militar e bombeiros militares estão presentes nas demais carreiras policiais, que merecem, em virtude também do risco natural, o mesmo tratamento.
Na reunião, os deputados que participam da negociação junto aos policiais ressaltaram o empenho e a atenção do ministro com a situação. “Desde o primeiro momento, o ministro foi muito solícito e sensível com as demandas das carreiras policiais. Vossa Excelência abriu sua agenda e recebeu o grupo de parlamentares. E foi muito receptivo”, disse o deputado João Campos (PRB-GO).

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Herói :Policial se atraca com assaltantes em correio em Naque.


Qdo vejo a atitude heróica do companheiro que interveio naquele roubo, a despeito de todas as variáveis as quais ele esteve exposto, pergunto-me: ele será reconhecido na tv, nos jornais, nas rádios, nas redes sociais, será chamado de herói como são chamados os participantes de "reality shows" , ganhará uma medalha, será promovido?  Quisera eu que sim, que servisse de exemplo para gerações de policiais, que tivesse seu nome gravado em uma das salas da Acadepol.. Não sei se qualquer dessas justas homenagens reconhecerão sua bravura, mas da minha humilde parte, deixo aqui uma salva de palmas e meu grito : HERÓI

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Roubo de carros se torna rotina em Minas Gerais.

Fujões:Detentos abrem buraco em parede e fogem da cadeia de Martinho Campos

Conforme a PM da cidade, um dos quatro presos que fugiram é considerado de alta periculosidade; até o momento nenhum deles foi recapturado


fuga martinho campos
Os detentos usaram ferramentas improvisadas e um pé de cabra para abrir o buraco na parede
PUBLICADO EM 12/12/16 - 16h22
JOSÉ VÍTOR CAMILO
A polícia continua procurando por quatro detentos, um deles considerado de alta periculosidade, que fugiram na noite deste domingo (11) da cadeia pública de Martinho Campos, na região Centro-Oeste do Estado. 
Conforme as informações da Polícia Militar (PM) da cidade, a fuga ocorreu por volta das 23h e desde então seguem os trabalhos de busca pelos suspeitos. "A gente continua fazendo as buscas por eles, pois conhecemos os foragidos e sabemos que um deles é considerado perigoso. Infelizmente até o momento não há notícia sobre o paradeiro deles", explicou a tenente Marianna Atatilia, do 4º Pelotão. 
Ainda de acordo com a PM, no momento da fuga haviam 45 presos na unidade, que tem capacidade para no máximo 18 pessoas. Foram apreendidos um pé de cabra e ferramentas improvisadas usadas pelos presos para abrirem o buraco na cela. 

domingo, 11 de dezembro de 2016

Homem de 77 anos matou o outro por ciumes na rodoviária em Moema diz polícia

Resultado de imagem para idoso armado

Crime aconteceu na Rodoviária Municipal.
Principal suspeito está foragido e segue sendo procurado pela polícia.

Do G1 Centro-Oeste de Minas
Um homem 36 anos foi morto com um tiro na nuca em Moema, na tarde deste sábado (11). Segundo a Polícia Militar, o principal suspeito já foi identificado, mas segue foragido e o crime pode ter sido causado por ciúmes.
A PM informou que foi acionada na Rodoviária Municipal e encontrou a vítima caída. O homem foi socorrido ao pronto atendimento do Hospital Professor Basílio, mas não resistiu aos ferimentos. Testemunhas informaram que o autor se aproximou atirando várias vezes. Depois, fugiu a pé pela Rua Caetés, sentido Bairro Brejinho.
A perícia esteve no local e o corpo foi levado pela funerária da cidade. Ainda de acordo com a polícia, após identificar um suspeito, a Policia conseguiu identificar o autor que teria 77 anos de idade foi feito rastreamento, inclusive na casa dele. Familiares disseram que o homem não estava. Ele segue foragido e é procurado pela polícia.