Postagem em destaque

Adolescente de 16 anos é apreendido pela 41ª vez em Pompeu.

Dupla de adolescente foi presa com mais de um quilo de maconha, crack e cocaína. Dois jovens foram apreendidos na tarde deste sábado em ...

terça-feira, 5 de maio de 2015

Segundo PM líder do Governo na ALMG afirma que equiparação de Investigadores com Peritos é só boato.

E-mailImprimirPDF
altNesta manhã, 05, o Ten Cel PM Ailton Cirilo - Vice-Presidente da AOPMBM, juntamente com o Sargento Bahia - Presidente da ASPRA, estiveram em reunião com o Deputado Durval Ângelo, Líder do Governo da Assembleia Legislativa, haja vista a circulação de mensagem na mídia, dando conta de uma possível equiparação salarial entre os Agentes da PC com os Legistas.
Cabe ressaltar, que desde ano 2000 foi estabelecido uma política salarial, na qual evita-se privilegiar uma Instituição em detrimento da outra. Pois, é notório que a segurança pública do Estado é mantida por todas as Instituições integrantes do Sistema de Defesa Social. E, nessa esteira é que a AOPMBM, de forma inarredável, pretende trilhar na persecução de uma política remuneratória justa e digna para todos os operadores da segurança pública.
Do exposto, ficamos aliviados, uma vez que o parlamentar afirmou que não há movimentos no Governo, com vistas a atender tal pleito veiculado na mídia.
Na oportunidade, vistamos o Deputado Estadual Cabo Júlio, que tem-se apresentado de forma parceira na construção de políticas sociais, que visem a melhoria da qualidade de vida dos policiais e bombeiros militares.
alt
Agradecemos a confiança depositada na atual gestão, bem como estaremos atentos aos assuntos de interesse da família policial e bombeiro militar.

4 comentários:

  1. Deveriam cuidar da própria instituição e parar de tentar atrapalhar a luta por melhorias da PC.

    ResponderExcluir
  2. Aumentar o salário da PC seria desvalorizar a Pm???
    Não entendi essa parte, caro Expedição.

    ResponderExcluir
  3. NÃO consegui entender no discurso vazio de fundamentação, mas recheado de recalque, de que forma a equiparação de Investigadores com Peritos implicaria em privilegiar uma Instituição em detrimento da outra.
    NÃO se trata de privilégio e sim de organização interna das carreiras da Polícia Civil.
    A PMMG com esse monte de cargos e patentes (1º soldado, 2º soldado, cabo, 1º sargento, 2º sargento, 3º sargento, 1º tenente, 2º tenente, 3º tenente.....) possivelmente ainda não dispõe em suas fileiras, de servidor público com capacidade para entender a necessidade de simplificar a administração de pessoal de uma instituição tal como se percebe na iniciativa privada que é o caminho seguido pela Polícia Civil com seus cargos de Delegado, Investigador, Escrivão, Perito.

    ResponderExcluir

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.