Postagem em destaque

Morada Nova de Minas dá exemplo de Segurança Publica.

GM de Morada Nova no quartel da PM da Cidade A pequena Morada Nova de Minas cidade com 8500 habitantes no Centro Oeste de Minas pode ser...

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Sobrecarga na Pericia faz com que traficantes sejam soltos por falta de laudo


Polícia Civil não tem conseguido analisar as substâncias retidas no tempo previsto em lei

01
  
Aparelhagem.A reportagem esteve no Instituto de Criminalística e conferiu as três máquinas que fazem exames em drogas. Nesta foto está o cromatógrafo gasoso
PUBLICADO EM 29/06/15 - 03h00


Alternativas. Para amenizar a situação, desde o fim do mês passado, o instituto tem tentado priorizar casos que envolvam menores e, na sequência, suspeitos de tráfico com detentos adultos presos.


Uma medida aventada para desafogar o IC é o fim do teste definitivo para a ocorrência que o delegado entender ser de uso. Por se tratar de um crime de menor potencial ofensivo, já não há prisão e o usuário é levado ao Juizado Especial, onde é acordada uma transação penal, como pagamento de multas, prestação de serviços comunitários ou comparecimento ao fórum.


Essa proposta será apresentada em julho aos magistrados do Juizado Especial de Belo Horizonte. “Devemos estabelecer um protocolo de forma que o cumprimento da medida determinada na transação penal torne dispensada a necessidade do exame toxicológico”, explicou o promotor Jorge Tobias de Souza, coordenador de Combate e Repressão ao Tráfico Ilícito de Entorpecentes do Ministério Público. Se essa sugestão for acatada, segundo Souza, o sistema ganhará tempo para usar nas ocorrências envolvendo menores. Na avaliação do IC, poderá haver uma redução de até 50% de exames.




Souza disse que essas propostas de reorganização do sistema saíram de uma reunião realizada em 25 de maio com o diretor do IC, Marco Paiva, e o promotor de Santa Luzia, Ary Pedrosa Bittencourt.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.