Postagem em destaque

BANDIDOS ARMADOS ATACAM QUARTEL DA PM E MATAM POLICIAL CIVIL

Um policial civil foi assassinado pelos bandidos Roni Willer e José Marcos Taveira16.10.17 01h34Atualizado em: 16.10.17 05h23 Um policial...

terça-feira, 30 de junho de 2015

Autonomia da perícia criminal causa polêmica e divide opiniões


Especialistas debatem sobre a autonomia da perícia criminal, que pretende tornar a perícia criminal um órgão autônomo
00:00
00:00
Perito Criminal
Perito Criminal CID Command Public Affairs - United States Army / Domínio Público
A autonomia da perícia criminal ganhou destaque no seminário "A Perícia Oficial na Garantia dos Direitos Humanos", realizado em maio, na Câmara dos Deputados, pela Associação Brasileira de Criminalística (ABC) em conjunto com a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais. Inúmeros deputados apoiam a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 325/09, que prevê a constitucionalização da atividade de perito criminal no Brasil, além de garantir autonomia e, consequentemente, mais isenção aos órgãos de perícia técnica e criminal das polícias civis e federal. Resumindo, torna a perícia criminal um órgão independente das Polícias Civil e Federal, sendo autônoma, isenta e imparcial.

Para aprofundar o assunto e movimentar o debate, o Tema Livre desta segunda-feira (29) convidou a presidente da Associação dos Peritos Oficiais do Rio de Janeiro e perita desde 1991, Denise Rivera, o presidente da Associação Brasileira de Criminalística (ABC) e mestre em Administração Pública com ênfase em Criminalística pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Bruno Telles, e o presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Estado do Rio de Janeiro (Adepol-RJ) e 1º vice-presidente jurídico da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil, Wladimir Reale.

Para ouvir o programa na íntegra, clique no player acima.

O Tema Livre vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 10h04, pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.