Postagem em destaque

Só no Brasil: Para não serem presos Policiais tinham de se deixar golpear por louco com facão em Bom Despacho.

Vítima estava ameaçando matar mulher e sogro na zona rural da cidade. No local o homem tentou atingir os militares com a arma. Policiais ...

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Palestrante do evento seria o líder dos estupradores em Bom Despacho afirma Delegada

Crime aconteceu depois de uma festa após congresso de universitários no último fim de semana. Polícia investiga três homens

 Mateus Parreiras Cristiane Silva

Um dos três suspeitos de estuprar uma universitária de 19 anos no último fim de semana em Bom Despacho, Centro-Oeste de Minas, foi um dos palestrantes do congresso do qual ela participava. A informação foi divulgada pela delegada Danúbia Quadros, da Divisão Especializada de Atendimento da Mulher o Idoso e do Portador de Deficiência. Os suspeitos, que têm idades entre 24 e 25 anos, já foram identificados, são ex-alunos da Fundação João Pinheiro e funcionários do governo de Minas. 

O crime aconteceu de sexta para sábado após uma festa. Todos os envolvidos moram em Belo Horizonte. Segundo a delegada, a estudante contou que participou de uma festa depois dos seminários, onde ficou com um dos rapazes. Ela relatou ter bebido muito durante a festa e foi para o quarto do jovem. “Desmaiou em virtude da bebida. Quando ela acordou, estava outro rapaz em cima dela, sem roupa; um ao lado, de cueca; e o rapaz com o qual ela estava ficando, deitado no beliche”, explica Danúbia Quadros. 

A jovem disse à delegada que estava deitada em uma cama de casal e acordou ao sentir o corpo sendo virado. “Esses rapazes participavam do evento, sendo que um deles, o que estava em cima dela (o mais velho) foi palestrante do evento”, diz a delegada, relatando a versão da vítima. “Ela se assustou com o rapaz em cima dela e virando o corpo dela para frente dele. Ela correu para o banheiro e ele correu atrás dela, segundo a vítima, tentando beijá-la e agarrá-la”. A delegada diz que, durante o depoimento, a universitária relatou ter dito “O que vocês estão pensando que eu sou? Quero ir embora”. 

O rapaz com quem ela havia ficado na festa entregou a ela a blusa de um deles, para que se cobrisse, e a moça também vestiu uma saia. “ O que ficou apurado, quando ela saiu do quarto, um outro casal estava vindo e presenciou - ambos foram ouvidos - a menina saindo cambaleando ainda e os três rapazes de cueca no quarto”, explica a policial. 

A jovem procurou a polícia nessa quarta-feira e foi encaminhada a um hospital para tomar o coquetel contra o HIV, apesar de já terem passado 72 horas do crime. Também foi feito o exame de corpo de delito. Ainda de acordo com a delegada Danúbia, a jovem relutou e demorou a denunciar o caso às autoridades porque uma das pessoas de sua família já foi estuprada. “Então, ela não queria trazer à tona essa lembrança”, diz. 

O caso foi registrado como estupro de vulnerável, já que a vítima estava inconsciente. Se comprovada a culpa e os suspeitos forem condenados, a pena varia de 8 a 15 anos de prisão.

 

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.