Postagem em destaque

Por pouco não se completou os 14 homicídios em Pompeu.

Mais um ovem foi alvejado a tiros na tarde desta sexta em Pompéu. Segundo a policia Ualisson Silva de 18 anos conhecido como Big Big foi sur...

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Brasil: Poilcia prende suspeitos de matar de comerciante em Pitangui, o menor que atirou na vitima deve ser solto em poucos dias.


Os dois já têm passagem na polícia por roubo, tráfico e homicídios.
Vítima foi atingida por um disparo no rosto durante assalto à loja dele.


Do G1 Centro-Oeste de Minas








A Polícia Militar (PM) de Pitangui prendeu dois suspeitos de participar do assalto na semana passada que terminou na morte de um comerciante da cidade. Flávio Alva, de 35 anos, morreu após ser baleado durante um assalto à loja dele, na quarta-feira (18).
O jovem de 19 anos, segundo a PM, era quem dirigia a moto usada na fuga. Ele já tem passagens por roubos e homicídios na cidade. O adolescente, de 15 anos, suspeito de ter atirado no comerciante, já foi preso várias vezes por tráfico, roubo e homicídio.
Na casa em que eles estavam escondidos, os policiais encontraram meio quilo de maconha, material para embalar a droga, um revólver, que de acordo com a polícia, deve ser a arma usada no crime, e também munição.
O caso continua sendo investigado pela Polícia Civil.
Na última sexta-feira (20), a segurança pública em Pitangui foi tema de uma reunião. O evento teve a participação de representantes de órgãos públicos, do comércio e da população. Dentre as ações previamente definidas estão a coleta de assinaturas para um abaixo-assinado que exige reforço da segurança e a implantação de uma guarda patrimonial municipal.
Em protesto, 99,2% dos estabelecimentos comerciais credenciados à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) fecharam as portas na quinta-feira (19). O funcionamento voltou ao normal na sexta-feira.
Comerciante Flávio Alva, de 35 anos, morto durante assalto em Pitangui (Foto: Reprodução/TV Integração)Flávio Alva, 35, foi baleado e morreu em Pitangui
(Foto: Reprodução/TV Integração)
De acordo com a presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep), Clara Helena Nunes, o índice de assaltos na cidade é resultado de outros crimes. "Nossa cidade hoje está militada por traficantes e usuários de drogas. A violência cresce cada vez mais. Nós ficamos colocando as vidas em risco", disse.
O comerciante Procópio de Freitas disse que a guarda municipal não resolveria definitivamente o problema da insegurança, mas contribuiria para manter a paz social. "Sabemos que uma guarda municipal tem as suas limitações, mas é como uma medida inibidora com certeza pode nos ajudar".
O tenente Samuel Moreira, da PM, disse que os policiais da cidade fazem o que podem para evitar crimes e prender criminosos. "Dentro dos nossos limites e possibilidades, estamos reforçando o policiamento em Pitangui. A sede da unidade fica em Nova Serrana e nos primeiros dias do ano veio reforço até da região".
O militar ressalta a importância de as vítimas não reagirem aos assaltos. "A gente sabe que às vezes o nervosismo fala mais alto, mas o correto é não reagir, pois não se sabe como será a reação do outro", comentou.
O crime
Imagens de uma câmera de monitoramento do circuito interno da loja mostram o momento do crime. O vídeo mostra um suspeito entrando na loja armado de capacete. Ele anuncia o assalto, pede dinheiro e o dono do local se levanta e segue para o caixa.
O suspeito agride a vítima mais de uma vez com a arma. O homem então reage às agressões e empurra o criminoso que efetua um disparo e acerta o rosto do comerciante. Havia funcionários e clientes na loja.
Após o disparo, o autor fugiu em uma moto com um comparsa que o aguardava do lado de fora do local. Pelas imagens, a PM afirma que podem ser dois adolescentes. A Polícia Civil investiga o crime.
Despedida
O corpo de Flávio Alva foi enterrado às 17h de quinta-feira em Pitangui. Ele deixa a mulher e dois filhos, de dois e cinco anos. O mais novo fez aniversário no dia em que o pai foi morto. "A festinha estava marcada para sábado (21). Já estávamos preparando tudo. Inclusive ele estava chegando com os doces para o aniversário do filho. É uma perda para todos os lados", disse Flávio Lúcio Valério, pai da vítima.
Loja onde comerciante foi assassinado em Pitangui (Foto: Thiago Carvalho/G1)Loja onde comerciante foi assassinado em Pitangui (Foto: Thiago Carvalho/G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.