Postagem em destaque

Humanos? Bandidos matam comerciante depois desenterram o corpo e cortam os dedos da vítima.

Reportagem da parceira TV Alterosa.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

SEM RESPOSTAS DO GOVERNO , TJMG SUSPENDE PARA DIA 5/8 AUDIÊNCIA FINAL COM ENTIDADES DA PCMG

sexta, 15 de julho de 2016

Nesta sexta-feira (15/07), houve mais uma audiência de conciliação no Tribunal de Justiça de Minas Gerais entre o Estado e as entidades de classe da Polícia Civil. O Desembargador Alberto Vilas Boas abriu a audiência citando a petição do SINDEPOMINAS que denunciava o não cumprimento por parte do Estado das deliberações da última audiência no TJMG ocorrida no dia 29 de junho. A agenda descumprida exigia uma reunião entre o Estado e representações sindicais no último dia 06 para formatação do pagamento de horas extras e adicionais noturnos.

Os representantes do Estado não justificaram as razões da não marcação da reunião e tampouco apresentaram propostas para negociar nessa segunda audiência. O negociador oficial do Estado, Carlos Calazans, chegou ao final apenas para assinar a ata, sem se pronunciar, inclusive, pelo atraso. O SINDEPOMINAS se pronunciou mais uma vez sobre o desrespeito e a falta total de compromisso do Estado perante o Tribunal de Justiça de Minas Gerais e as entidades de classe da PCMG. Foi dada a palavra às lideranças que também cobraram o comprometimento do Estado em relação ao tratamento equânime entre as forças de segurança do Estado.

Os membros do Governo reafirmaram não ter nada para apresentar em termos de negociação e sugeriram ao Desembargador que encerrasse definitivamente a audiência das partes, evidenciando o descompromisso do Estado frente ao impasse mediado pelo TJMG. O Desembargador, entretanto, sensível aos apelos das entidades, manteve a audiência aberta, prorrogando para o dia 5 de agosto a última oportunidade para a última tentativa de negociação.

Ao final, o Desembargador Alberto Vilas Boas informou que ocorrerá no dia 17 de agosto o julgamento dos Agravos internos interpostos pelo SINDEPOMINAS e pelo SINDEP para a defesa da legalidade da paralisação.

Veja a ata da audiência abaixo:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.